Publicidade
Davison Advogado
Cícero Machado foi diretor do DME por 36 anos (Foto: Juliano Borges/Poços Já).
Cícero Machado foi diretor do DME por 36 anos (Foto: Juliano Borges/Poços Já).

O prefeito eleito, Sérgio Azevedo (PSDB), anunciou na tarde desta quinta-feira (29) os nomes que faltavam para compor o secretariado, além dos novos diretores do Departamento Municipal de Eletricidade (DME). Entre eles está o ex-diretor da empresa pública, Cícero Machado de Moraes, que assumirá o cargo de presidente do Conselho Administrativo.

Durante entrevista coletiva pouco depois de ser anunciado, Cícero criticou a atitude da atual diretoria do DME, que entrou com uma ação para reivindicar o reajuste de quase 30% nas tarifas de energia para o próximo ano. “Essa redução da tarifa foi um benefício e eu fiquei muito feliz que ela tenha sido reduzida. Embora a administração tenha entrado com recurso para anular este abaixamento, ela vai perder o recurso. A diretoria da Aneel é quem deve votar e nós vamos estar acompanhando”, diz.

Enquanto esteve afastado do DME, Cícero tornou-se vice-presidente do Conselho de Consumidores de Poços de Caldas, do qual afirma que pedirá demissão nos próximos dias. “Não é compatível eu assumir a presidência do Conselho Administrativo do grupo DME e continuar a ser vice-presidente do Conselho de Consumidores”, afirma.

Sérgio voltou a criticar a forma como a atual administração e as anteriores têm administrado a concessionária de energia. “Ultimamente a empresa tem sido utilizada como cheque especial da Prefeitura. Nós precisamos mudar o foco. O DME precisa ter novamente a importância que sempre teve, voltar a investir fora. O DME hoje tem praticamente metade do tamanho que tinha há 12 anos e, se perpetuar essa forma de administração, daqui a 10 anos o DME deixa de existir”, comenta.

Engenheiro Nilson Souza assume a DME Participações (foto: Juliano Borges/Poços Já).
Engenheiro Nilson Souza assume a DME Participações (foto: Juliano Borges/Poços Já).

O novo diretor superintendente da DME Participações, Nilson Pereira Souza, informou que ainda vai se inteirar da situação da empresa antes de começar os trabalhos. “Eu fui surpreendido com o convite, mas a partir de agora nossas conversas com a equipe vão gerar as informações que precisamos. Não tenho como antecipar nenhuma iniciativa pelo simples fato de que vamos todos sentar juntos para discutir”.

Segundo Sérgio, todos os nomes escolhidos para a diretoria da empresa são de servidores de carreira e pessoas de Poços de Caldas. Além de Cícero, os outros nomes que compõe o grupo DME são Miguel Gustavo Junqueira Franco (Diretor administrativo, diretor administrativo do DME Participações e diretor comercial financeiro da DME Energética); Marcelo Dias Loichate (diretor superintendente da DME Energética); Alexandre Afonso Postal (diretor superintendente e diretor técnico da DME Distribuição) e Miguel Gustavo Durante de Oliveira (Diretor administrativo-financeiro).

Currículos

Cícero Machado de Moraes é formado em engenharia elétrica pela Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI). Foi consultor e diretor técnico do DME por 36 anos, diretor técnico da UHE Salto Pilão e da  Empresa de Transmissão do Alto Uruguai, além de consultor de empresas como Grupo Votorantim e Luz e Força Santa Maria. Também é professor da UNIFEI e do curso de engenharia civil da PUC Poços de Caldas.

Nilson Pereira de Souza é graduado em engenharia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e reside em Poços desde 1976. Foi gerente das fábricas da Alcoa de Poços de Caldas e São Luís (MA), diretor do consórcio Alumare, diretor de operações da Alcoa América Latina em São Paulo (SP) e atualmente é consultor.