domingo , 19 novembro 2017
Últimas Notícias
Ofertas SuperVale

Greve dos bancários completa 15 dias


Greve dos Bancários - Sintraf-PCR - 08.09.2016 - 2
Em Poços e região, 26 agências paralisaram seus serviços (Foto: Divulgação)

A greve dos bancários, que começou na quinta-feira (8), em Poços de Caldas e região, completa hoje 15 dias. Até o momento, o sindicato se reuniu quatro vezes com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), mas todas as propostas foram negadas.

“Os banqueiros estão se mostrando cada vez mais inflexíveis e sem consciência em relação ao seu trabalhador. Por isso, é necessário que os sindicatos façam a sua parte, mobilizando os trabalhadores de todo o Brasil em prol de uma causa mais do que justa, essencial para a vida do profissional dos bancos. As contrapropostas advindas dos banqueiros são ridículas, bem abaixo da inflação. Ou seja, sem ganho real. E não podemos aceitar esta condição, que é prejudicial ao trabalhador”, declarou o presidente do Sintraf-PCR, Agnaldo Alves Viana.

Estão paralisadas 95% das agências bancárias da região, ao todo são cerca de 400 bancários em greve. Apenas os serviços realizados nos caixas eletrônicos estão disponíveis. A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) informou que os clientes podem agendar o pagamento de contas (desde que não vencidas), saques, depósitos, emissão de folhas de cheques, transferências e saques de benefícios sociais nos caixas eletrônicos.

DSCF6466
Apenas serviços de autoatendimento estão funcionando nas agências (Foto: Poços Já)

Ainda tem a possibilidade de buscar correspondentes bancários, como postos dos Correios e casas lotéricas, para pagar contas e faturas de concessionárias de serviços públicos, sacar benefícios e fazer depósitos, entre outros serviços.

Negociações

A categoria já rejeitou quatro propostas de reajuste salarial oferecidas pela Febraban, nos valores de 6,5%  e 7% sobre os salários, a PLR e os auxílios refeição, alimentação, creche, e abono de R$ 3,3 mil. Os bancários defendem que a oferta ficou bem abaixo da inflação, projetada em 9,57% para agosto deste ano, o que representa perdas de 2,8% para o bolso de cada bancário. A categoria pede a reposição da inflação mais 5% de aumento real.

No ano passado, a greve conquistou a adesão de mais de 700 trabalhadores em toda a região, chegando ao fim na tarde de 26 de outubro, após 21 dias de paralisações. Preocupada com o desdobramento da greve deste ano, a Federação Nacional dos Bancos já convocou uma nova reunião junto ao Comando Nacional dos Bancários para negociação dos itens reivindicados pelos trabalhadores. O encontro vai acontecer na próxima sexta-feira (9), em São Paulo. O presidente do Sintraf de Poços de Caldas e Região estará presente na mesa de negociação junto aos banqueiros.

App Poços Já

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.