Publicidade
Prefeitura de Poços de Caldas
Publicidade
Prefeitura de Poços de Caldas
Publicidade
Prefeitura de Poços de Caldas
Publicidade
Prefeitura de Poços de Caldas
Publicidade
Suspeito foi apresentado na tarde desta quarta-feira (15).
Suspeito foi apresentado na tarde desta quarta-feira (15).

A Polícia Civil de Poços de Caldas apresentou, na tarde desta quarta-feira (15), o suspeito de ter matado uma mulher de 25 anos. A vítima, Alana Silva Santos, foi esfaqueada e queimada durante a madrugada de hoje.

Em depoimento, o vendedor Paulo Henrique de Lima, de 28 anos, alegou que o motivo da morte seria um pedido de separação. Ele disse aos policiais que havia comprado álcool para se matar, mas acabou discutindo com a mulher. Durante a briga, ele a esfaqueou nas costas e no peito.

Em seguida, Paulo utilizou o álcool para atear fogo na vítima. Ele ainda disse que ela já estava morta quando foi queimada, mas a informação será verificada pela perícia. “Só o laudo pericial vai comprovar. Se tiver fuligem na traqueia da vítima, significa que ela ainda estava viva no momento do ateamento do fogo”, disse o delegado Cleyson Brene.

O vendedor ainda abriu o botijão de gás antes de sair do imóvel. A criança que estava na casa, filha do casal, foi salva por uma vizinha e passa bem. O suspeito foi preso após sofrer um acidente de carro próximo a São João da Boa Vista (SP) e será indiciado por feminicídio e tentativa de feminicídio.